Programa Mente Ativa – 3ª Idade

JOGOS NA TERCEIRA IDADE

O envelhecer

Nas últimas décadas, a atenção mundial tem se dirigido aos problemas sociais, econômicos derivados do crescimento demográfico, sendo um dos aspectos relevantes a longevidade da população que vem aumentando. A faixa de idade com maior aumento proporcional é a de pessoas com mais de sessenta anos, dessa forma, tem crescido também a preocupação com a qualidade de vida alcançada pelos idosos.

Problemas comuns encontrados em pessoas desta faixa etária e que podem ter melhora significativa com a utilização de jogos são: falta de concentração, de atenção, de memória e apropriação de novos conteúdos, estados de ansiedade, necessidade de interação, preocupação, dificuldade de resolver problemas sem a ajuda do outro.

O envelhecimento normal é um processo gradual que traz mudanças físicas, psicossociais e cognitivas (memória, percepção, atenção, raciocínio, etc). Em relação a cognição, algum nível de prejuízo é esperado, sendo que os declínios mais preocupantes estão nas medidas que envolvem velocidade ou habilidades não exercitadas. No entanto hoje a ciência consegue provar que é possível manter a eficácia cognitiva com o avanço da idade.

Estudos Científicos

Pesquisadores têm demonstrado que tal prejuízo cognitivo está associado com o estilo de vida adotado pelo indivíduo com dietas impróprias, sedentarismo, abuso de substâncias como o cigarro, álcool e outras drogas, o insucesso de manter a mente ativa, doenças (cardiopatias, diabetes, hipertensão e baixa pressão arterial). Este é o quadro que resulta nas debilidades mais extremas as quais associamos como sendo característico da velhice.

Recentes estudos sobre o envelhecimento mostram um impacto considerável do treinamento cognitivo na manutenção e recuperação de funções mentais ocasionando a prevenção de um alto grau de disfunção cognitiva, e em muitos casos, permitindo que seja possível que demências como a de Alzheimer, entre outras, sejam retardadas ou até mesmo venham a se manifestar de forma insignificante.

De modo geral, as intervenções de estimulação ou treinamento cognitivo têm mostrado efeitos positivos nos seguintes pontos: a) no desempenho cognitivo, b) em sintomas depressivos (na medida em que boa parte dos pensamentos negativos entre os idosos diz respeito à invalidez, à dependência, e ao declínio cognitivo e físico) e c) na qualidade de vida dos idosos.

Mediação da Aprendizagem

Sabe-se que, quando há além da estimulação ou treinamento cognitivo, a mediação da aprendizagem amplia-se a capacidade de desenvolvimento cognitivo, abrangendo outras áreas como a afetiva e a motivacional. Para tanto, peça fundamental para tornar esse processo potencializado é o mediador que ao proporcionar um relacionamento diferenciado com o mediado, promove o desenvolvimento de habilidades intelectuais e relacionais.

 Objetivos

O Projeto Mente Ativa visa desenvolvimento cognitivo através da mediação da aprendizagem de jogos que exigem ativação e exercício das funções cognitivas por meio da estimulação e treinamento cognitivo com base em relacionamento diferenciado que proporcionam através da prática com jogos.

Para mais informações entrar em contato:
e-mail:
oficinadoaprendiz@gmail.com
Telefone: (48) 3237 3429

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *